Posso ter defeitos, viver ansioso e ficar irritado algumas vezes, mas não esqueço de que minha vida é a maior empresa do mundo. E que posso evitar que ela vá à falência. Ser feliz é reconhecer que vale a pena viver, apesar de todos os desafios, incompreensões e períodos de crise. Ser feliz é deixar de ser vitima dos problemas e se tornar um autor da própria história. É atravessar desertos fora de si, mas ser capaz de encontrar um oásis no recôndito da sua alma. É agradecer a Deus a cada manhã pelo milagre da vida. Ser feliz é não ter medo dos próprios sentimentos. É saber falar de si mesmo. É ter coragem para ouvir um não. É ter segurança para receber uma crítica, mesmo que injusta.
Augusto Cury

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Projeto de Pesquisa

Etapas de elaboração


1.      DELIMITAÇÃO DO TEMA: escolha sobre o que versará o trabalho
-         Requer clareza a respeito do campo do  conhecimento a que pertence o assunto;
-         Deve determinar o lugar que ocupa  no  tempo e no espaço. 

2.      JUSTIFICATIVA: Menciona-se a pretensão  do trabalho e seu valor nos seguintes aspectos:
-         RELEVÂNCIA CIENTÍFICA: O que essa pesquisa pode acrescentar à ciência?
-         RELEVÂNCIA SOCIAL: Que benefício pode trazer à comunidade?
-         INTERESSE: O que levou à escolha do tema?
-         VIABILIDADE: Quais as possibilidades concretas  desta pesquisa?

3.      DELIMITAÇÃO E ENUNCIADO DO PROBLEMA:
-         Situá-lo no tempo e no espaço, localizando as fontes de origem;
-         O problema deve ser formulado de forma interrogativa;
-         O problema deve ser claro e preciso.;
-         O problema deve ser delimitado a uma dimensão viável      

4.      FORMULAÇÃO DE HIPÓTESE:
-         Idéia geral a ser comprovada no decorrer da pesquisa;
-         São respostas provisórias, anteriores à  pesquisa
-         Deve ser fundada em conhecimento prévio;
-         Deve ser verificável;
-         É formulada por uma afirmação;  

5.      ELABORAÇÃO DOS OBJETIVOS: Os objetivos representam o ponto de chegada em relação ao teste da hipótese e indicam o que é pretendido com o desenvolvimento da pesquisa.
-         Objetivo geral: significa traçar as principais metas que nortearão a pesquisa;
-         Objetivos específicos: cada objetivo específico atinge um ponto de vista do tema, um ângulo a ser pesquisado.   

6.      DEFINIÇÃO DA METODOLOGIA: Representa a descrição formal dos métodos e técnicas a serem utilizados na pesquisa. Define os seguintes aspectos:
-         O caminho a ser percorrido: métodos de abordagem e método de procedimentos;
-         Os instrumentos de pesquisa a serem utilizados;
-         Delimitação do universo da pesquisa;
-         Delimitação e seleção da amostra

7.      REFERÊNCIAS TEÓRICAS:
-         Exige capacidade de elaboração própria e espírito crítico;
-         Contribui com informações inovadoras , acrescentando algo novo ao conhecimento já existente;
-         Requer um levantamento bibliográfico cuidadoso, para analisar as contribuições já expressas acerca do assunto, capazes de esclarecer o fenômeno investigado.

8.      CRONOGRAMA:
-         É a previsão do ritmo de desenvolvimento da pesquisa, esclarecendo acerca do tempo necessário para cada uma das fases

9.      PREVISÃO DE RECURSOS:
-         Levantar e arrolar  os recursos materiais e humanos  indicando a proveniência dos mesmos

KARL MARX E A HISTÓRIA DA EXPLORAÇÃO DO HOMEM

  KARL MARX Nasceu em Treves, na Alemanha (1818-1883). Doutorou-se em Filosofia. Foi redator de uma gazeta liberal em...