Posso ter defeitos, viver ansioso e ficar irritado algumas vezes, mas não esqueço de que minha vida é a maior empresa do mundo. E que posso evitar que ela vá à falência. Ser feliz é reconhecer que vale a pena viver, apesar de todos os desafios, incompreensões e períodos de crise. Ser feliz é deixar de ser vitima dos problemas e se tornar um autor da própria história. É atravessar desertos fora de si, mas ser capaz de encontrar um oásis no recôndito da sua alma. É agradecer a Deus a cada manhã pelo milagre da vida. Ser feliz é não ter medo dos próprios sentimentos. É saber falar de si mesmo. É ter coragem para ouvir um não. É ter segurança para receber uma crítica, mesmo que injusta.
Augusto Cury

sábado, 13 de novembro de 2010

VÍCIOS DE LINGUAGEM


Primeiramente, com certeza, antes de mais nada eu quero estar dizendo o quanto fico indiguinado com a falta de despreparo dos nossos homens da lei, os famosos adevogados, oficiais de justissa e até mesmo os juises que cometem uns erro de língua inperdoaveis.

Otro dia, por exemplo, um oficial chegou numa loja de penhora e começou a iniciar a escrever com ordens e métodos a seguinte reunião de palavras que formaram o seguinte:
“Penhorei uma mesa de comer velha de quatro pés...”
Eu não consigo esconder a minha indiguinação em relação a essa despreparação.

É por isso que eu se preparo para não cometer esses erro que deveriam ser deletado da nossa historia...


CORREÇÃO

Eu quero dizer o quanto fico indignado com a falta de preparo de homens como advogados, oficiais de justiça e até mesmo os juizes que cometem erros de língua portuguesa imperdoáveis.
Outro dia, por exemplo, um oficial chegou em uma loja de penhora e começou a redigir a seguinte frase:
“Penhorei uma mesa de comer velha de quatro pés...”
O que deveria ter sido: “Penhorei uma velha mesa de quatro pés que é utilizada nos momentos das refeições...”
Eu não consigo esconder minha indignação a respeito desse despreparo.
É por isso que me preparo para não cometer esses erros que deveriam ser apagados da nossa história...